Lory Silveira - Cirurgiã

Artigos.

Transtorno Dismórfico



compartilhar:


Está relacionado com o modo como a pessoa se percebe. É a distorção da própria imagem, com uma grande diferença entre o que a pessoa acredita ser e o que ela é na realidade.

Também chamada dismorfia, deve ser diferenciada com a preocupação excessiva com a aparência - o que é bem comum atualmente. Trata-se de um transtorno psicológico, onde a pessoa pensa que tem um ou mais defeitos físicos que ela não possui ou uma visão exagerada deles.

Estas pessoas tem obscessão por espelhos e vivem procurando defeitos no corpo porque nunca estão satisfeitas com a própria aparência e querem esconder o que consideram defeito.

Normalmente isso ocorre na adolescência e o diagnóstico geralmente é tardio, enquanto isso, muitos vão parar nos consultórios de cirurgia plástica e clínicas de estéticas. Por isso, assim que for detectado pelos familiares, deve ser encaminhado para tratamento psiquiátrico. 

É muito importante identificarmos estes pacientes antes de qualquer tratamento estético, pois eles nunca serão suficientes e sempre haverá um descontentamento.

A causa ainda é desconhecida, mas acredita-se estar relacionada com depressão, fobia social ou outro distúrbio psíquico. De acordo com cirugião plástico Ivo Dr. Pitanguy, o paciente quando procura um cirurgião quer ajuda e, algumas vezes, essa ajuda deve ser psicológica.

Leia também


Cirurgia de ginecomastia ajuda a recuperar autoestima masculina
Cirurgia de ginecomastia ajuda a recuperar autoestima masculina

Muitos homens se sentem incomodados com o tamanho da mama e recorrem a cirurgia de ginecomastia

Novidades na área de estética
Novidades na área de estética

Existem vários tipos de tratamento para melhorar o aspecto da pele, entre eles a radiofrequência que faz umas remodelação e formação de novas fibras de colágeno, atravéz da emissão de energia que alcança camadas profundas da pele.

Homens e a Cirurgia Plastica