Pós Bariátrica

05.01.2018
Pós Bariátrica

É muito comum após uma grande perda de peso, seja devido a uma cirurgia bariátrica ou uma mudança de hábitos, nos depararmos com um excesso de pele indesejável. Isso acontece porque a pele que foi severamente distendida perdeu sua elasticidade e sustentação, com isso não consegue mais voltar ao que era antes. Comumente deixando uma aparência de mamas flácidas com mamilos apontando para baixo, braços flácidos, abdome com grande excesso de pele... entre outras coisas e isso prejudica a qualidade de vida, limitando as atividades do paciente.

A cirurgia plástica após grande perda de peso melhora o contorno corporal, removendo a pele excesso de pele e gordura localizada e deixando uma aparência mais harmônica, mas antes de fazer uma cirurgia plástica, o paciente deve estabilizar o seu peso, porque se continuar perdendo peso pode ficar com flacidez novamente e se voltar a ganhar pode perder o resultado da cirurgia. Geralmente os pacientes pós-bariátricos tem seu peso estabilizado entre 12 a 18 meses após a cirurgia e de 3 a 6 meses apos este período ele poderá submeter-se a cirurgia plástica, mas o ideal é que o cirurgião plástico e o cirurgião que fez a cirurgia bariátrica decidam juntos quando será este momento.

O paciente deve ter em mente que, na maioria das vezes seu resultado será diferente de outros pacientes que não sofreram esta perda de peso tão grande, há uma perda de proteínas que prejudica a elasticidade da pele e deixa uma grande frouxidão nos tecidos, existe a possibilidade de termos bons resultados quando falamos de forma, mas para isso serão necessários vários procedimentos e algumas cicatrizes extensas. Algumas vezes, em curto período de tempo, perdemos o resultado, necessitando assim de uma nova intervenção, os pacientes têm que ter ciência disso, mas sempre o resultado final é bem melhor que o aspecto inicial. A chance de frustração é muito pequena quando o paciente entende estas limitações.