Blefaroplastia

blefaroplastia_3610_m

As pálpebras com a idade se tornam flácidas e com proeminências de bolsas de gordura, blefaroplastia é a cirurgia para corrigir estas alterações, podendo abranger apenas as superiores, as inferiores ou ambas.

É considerada uma cirurgia de pequeno porte, com anestesia local, portanto o paciente vai embora logo após a cirurgia. Em alguns casos, associamos uma sedação, então o paciente permanece mais algumas horas no hospital.

Na pálpebra superior a incisão (corte) é feita no sulco onde antes do excesso de pele, se via nitidamente, a partir daí se faz uma projeção sobre a pele excedente, demarcando a pele a ser retirada. Uma parte da gordura da região mais próxima ao nariz, é mais clara e costumamos retirar seu excesso, o restante procuramos preservar para não deixar os olhos “encovados” no futuro.

A pálpebra inferior pode ser operada através de uma incisão próxima aos cílios ou a chamada transconjuntival , que e feita na parte de dentro da palpebral, na mucosa, dependendo da preferência do cirurgião,  as bolsas de gordura também devem ser tratadas com cautela para não causar sequelas, uma vez que tirando em excesso, deixam uma expressão mais envelhecida e esteticamente não é bonito, assim como a quantidade de pele retirada nesta região, devido a fina espessura desta pele e uma possível retração após a cirurgia.

O tempo cirúrgico é de aproximadamente 40 minutos a 1:30 h e o tempo de recuperação de aproximadamente 15 dias, sendo de 2 a 6 dias para retirada de pontos, neste período orientamos os pacientes fazerem compressas com gaze estéril embebidas em soro fisiológico gelado, com bastante frequência, com isso o inchaço desaparece mais rápido e o Alivio da dor (apesar de ser mínima e apenas nos 2 primeiros dias), uso de antibiótico, como toda cirurgia, para evitar infecções. Uma cirurgia rápida, que causa grande impacto no paciente.